Mais um vídeo interessante.

O chefe de polícia de Los Angeles, William Bratton, responsável pela redução da criminalidade em Nova York e criador do modelo de administração Compstat, que se baseia em estatísticas, no mapeamento do crime e na responsabilização dos policiais por resultados é entrevistado por Ronaldo França.

Boas impressões eu tirei deste vídeo, mas vale lembrar que não é uma fórmula para solução  dos problemas, mas sim, uma solução que pode ser agregada a outras ações com o objetivo de  melhorar nossa prestação de serviços aos cidadãos.

Questão de reflexão sobre os comentários a respeito das polícias civil e militar, apesar da tradução livre de quem postou as legendas, mas vale a pena.

Força e Honra!

Para saber mais:

http://www.compstat.org/Start/index.html

http://www.lapdonline.org/crime_maps_and_compstat

Compstat in Australia: An analysis of the spatial and temporal impact

http://www.sciencedirect.com/science?_ob=ArticleURL&_udi=B6V75-526MY26-1&_user=79777&_coverDate=04%2F30%2F2011&_rdoc=1&_fmt=high&_orig=gateway&_origin=gateway&_sort=d&_docanchor=&view=c&_acct=C000006418&_version=1&_urlVersion=0&_userid=79777&md5=7bc70c79ed42befbe302df33953a42d8&searchtype=a

Anúncios

Tags:, , , , , , ,

About Carlos Melo

Especialista em Segurança Pública, formado pela Academia de Polícia Militar de Brasília (APMB, 1997). Exerceu cargo na Polícia da ONU (UNPOL) na Missão das Nações Unidas em Timor Leste(UNMIT -2008 e 2009), onde trabalhou em ações de investigador. Instrutor de alguns cursos na PMDF, dentre estes, do Curso de Operações Especiais, especialista em técnicas e táticas de resgate de reféns, tiro policial e gerenciamento de crises. Também ministrou palestra vários organismos públicos e privados, sobre ameaças de bomba e seqüestro relâmpago. Especialização Inteligência Estratégica e segurança da informação.

One response to “Mais um vídeo interessante.”

  1. Farley says :

    Creio que a realidade Americana é outra em relação ao Brasil,porém valorizamos muito coisas de fora, quando teríamos pessoas competentes para desemvolver oou criar um programa como ou melhor do que o “tolerância Zero”(NY-EUA WIllian Bratton)
    Nosso sistema é atrelado a política, e a vontade política, a vaidade de alguns governantes dificulta isso.
    Estamos caminhando em direção a um novo modelo de polícia,mas precisamos de alguém que faça ou provoque.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: