Câmeras em abordagens policiais.

No Brasil, em geral, não temos o hábito de filmar as abordagens, como parte de um protocolo, com o objetivo específico de coibir determinados comportamento ou ainda de para utilizar estas imagens em situações de prova, em processos judiciais, disciplinares ou em treinamento apenas.
O que temos disponível, geralmente surge de gravações acidentais, ou feita por aparelhos celulares, de matérias jornalísticas ou de sistemas de TV instalados em locais estratégicos(CFTV), comumente, com uma qualidade de imagem de regular.

Acredito que cada viatura policial nos EUA possua uma câmera, o que obriga, através de determinados protocolos, que a abordagem seja feita sempre com a viatura  parada de frente, quando isso não ocorre, deve se feita uma justificativa, na própria ocorrência policial.

Em complemento a este procedimento, a empresa TASER®, a mesma que fabrica as maravilhosas pistolas incapacitantes (eu gosto, só não gosto do choque que ela produz – em mim, nos treinamentos), produziu uma filmadora, de pequeno porte, aproximadamente nas dimensões de um charuto, denominada Axon Flex, capaz de filmar com áudio em formato compatível com smartphones mais comuns, como iPhones e outros aparelhos com sistema android. Em suas lojas on line, é possível baixar aplicativos para ver os vídeos nos dispositivos, através de sistema sem-fio.

Mas qual o objetivo e as vantagens disso tudo?

Vamos lá:

Como foi descrito no site http://www.taser.com/flex :

– Gravação mesmo em condições de pouca luz;

– Aumenta a confiança da população, melhorando a sensação de segurança;

– Exige um melhor comportamento de ambas as partes, tanto do policial como do cidadão;

– Reduz as falsas denúncias e processos contra a Instituição/policiais;

– Rápida visualização;

– Rápido acionamento para início/parar a gravação;

Se as Instituições polícias utilizassem um padrão de óculos, com o indicado no site(OAKLEY), ficaria mais fácil a utilização deste material. Mas além disso, é possível colocar a câmera no ombro, capacete, colarinho, boné, ou em alguma parte da camisa ou do seu corpo.

Segue aqui um exemplo:

Abaixo, um exemplo do equipamento em situações reais, realizada pelo Departamento de Polícia de Burnsville:

Para saber mais:

http://evidence.com/

http://www.taser.com/flex

Força e Honra!!

Anúncios

Tags:,

About Carlos Melo

Especialista em Segurança Pública, formado pela Academia de Polícia Militar de Brasília (APMB, 1997). Exerceu cargo na Polícia da ONU (UNPOL) na Missão das Nações Unidas em Timor Leste(UNMIT -2008 e 2009), onde trabalhou em ações de investigador. Instrutor de alguns cursos na PMDF, dentre estes, do Curso de Operações Especiais, especialista em técnicas e táticas de resgate de reféns, tiro policial e gerenciamento de crises. Também ministrou palestra vários organismos públicos e privados, sobre ameaças de bomba e seqüestro relâmpago. Especialização Inteligência Estratégica e segurança da informação.

8 responses to “Câmeras em abordagens policiais.”

  1. Paulo Alanis Silva says :

    Nobre colega, a nossa polícia não tem mais nem vtr!!!

  2. Waldo Rohlfs says :

    Prevendo o futuro! Uma ótima aquisição para a PM/DF! Mais segurança para o bom policial!

  3. Waldo Rohlfs says :

    Reblogged this on Coisas de Políciae comentado:
    Em fevereiro o Blog Recarga Tática já comentava sobre as vantagens de se filmar a abordagem… Parabéns à PM/DF pela aquisição de um equipamento que certamente será muito útil na defesa dos direitos dos policiais!

  4. Hideo Yamawaki says :

    Bom dia, sou da Fly Sistemas do Rio de Janeiro.
    Temos um produto semelhante e mais acessível, nacional e desenvolvido aqui mesmo, o SMP.
    http://www.flysistemas.com/novo/produtos.asp
    Se interessar é só entrar em contato!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: